Será possível um dia viajarmos no tempo?

Será possível um dia viajarmos no tempo?

Essa questão intriga a humanidade há várias décadas. Muitos cientistas estudaram os fenômenos da física e elaboraram teorias que ajudam a entender um pouco mais a respeito dessa questão, dentre os mais famosos estão Albert Einstein e o físico Stephen Hawking, que morreu recentemente, em março de 2018.

A teoria da relatividade de Einstein basicamente diz que se viajarmos a uma velocidade muito alta o tempo passará mais devagar. Se conseguíssemos atingir a velocidade da luz, que seria de 299.792.458 metros por segundo no vácuo, o tempo pararia. A questão é que ainda não temos tecnologia para viajar a esta velocidade. Se a ultrapassássemos, o que aconteceria? O tempo seria atrasado e voltaríamos ao passado?

Hawking argumentava que as viagens no tempo são muito improváveis, uma vez que não temos turistas do futuro vindo nos visitar. Só essa constatação seria um forte indício de que essas viagens não podem existir. Existem muitas questões a serem respondidas.

Se as viagens no tempo fossem possíveis e uma pessoa voltasse ao passado e alterasse algum fato de sua vida ou de pessoas próximas, como de um familiar, essa pessoa sofreria as consequências de seu próprio ato? Se acaso a mesma voltasse no tempo e matasse seu próprio pai antes do seu nascimento, o que aconteceria ? Essa pessoa deixaria de existir?

Esse tema foi bastante explorado pelos estúdios de cinema de Hollywood, e uma das franquias mais famosas são “De Volta para o Futuro” em que o jovem Marty McFly, interpretado pelo ator Michael J. Fox viaja ao passado e altera acontecimentos em sua história e de sua família. Nas outras sequências gravadas o jovem tenta consertar os erros de sua interferência, porém provoca outras mudanças que afeta a vida de todos ao seu redor.

Por enquanto podemos apenas sonhar com o dia em que uma possível máquina do tempo possa nos levar a um passado distante ou a um futuro desconhecido, enquanto isso não acontece teremos que nos contentar apenas em assistir a um bom filme e viajar em nossa própria imaginação.

José F. H. Ortiz

master

Envie-nos seu comentário

%d blogueiros gostam disto: