Quem criou Harry Potter?

Quem criou Harry Potter?

Joanne “Jo” Rowling, nasceu em 31 de Julho de 1965, mais conhecida como J. K. Rowling, é uma escritora, roteirista e produtora, criadora da série de livros Harry Potter, além de outras series, como Animais Fantásticos e Onde Habitam. Nascida na Inglaterra, Rowling teve a idéia de escrever a série enquanto estava num trem indo de Manchester para Londres, em 1990.

Os livros ganharam todo o mundo, recebendo múltiplos prêmios e vendendo mais de 500 milhões de cópias. Eles se tornaram a série literária mais vendida da história. A Warner Bros comprou os direitos e adaptou os livros para o cinema, fazendo com que os filmes entrassem na lista de filmes de maior bilheteria.

Carreira:

Passando por uma crise financeira pessoal até que, em 1997, finalizou o primeiro dos Sete livros da série. Harry Potter e a Pedra Filosofal e o último, Harry Potter e as Relíquias da Morte, em 2007. Em 1995, J. K. Rowling terminou seu manuscrito de Harry Potter e a Pedra Filosofal em uma velha máquina de escrever. Após a resposta entusiástica de Bryony Evens, um revisor que foi convidado a analisar os três primeiros capítulos do livro, a Christopher Little Literary Agency concordou em representar Rowling em busca de uma editora.

O livro foi entregue a doze editoras, das quais todas recusaram o manuscrito. Um ano depois, o editor Barry Cunningham da Bloomsbury (editora de Londres), resolveu publicar o Livro. A decisão de publicar o livro de Rowling se deve muito a Alice Newton, a filha de oito anos do presidente da editora, que leu o primeiro capítulo e imediatamente exigiu o segundo a seu pai. Embora a editora tenha concordado em publicar o livro, o Presidente aconselhou Rowling a procurar um emprego, já que as chances de conseguir dinheiro através de um livro infantil eram mínimas.

Logo depois, em 1997, Rowling recebeu uma concessão de 8 mil libras da Scottish Arts Council (organismo público escocês que distribui financiamento do governo escocês e é a principal organização nacional de financiamento, desenvolvimento e promoção das artes na Escócia) para continuar escrevendo a série.

Sucesso financeiro:

Ela foi da pobreza a uma riqueza multimilionária em cinco anos. Ela é a autora britânica com o maior número de vendas, chegando a mais de 238 milhões de libras em livros vendidos. A lista dos ricos do Jornal Sunday Times, de 2016 estimou a fortuna de Rowling em 500 milhões de libras, classificando-a como a 197ª pessoa mais rica do Reino Unido.

Em 2007, a revista Time nomeou-a como Pessoa do ano. Em outubro de 2010, J. K. Rowling foi nomeada a “Mulher Mais Influente da Grã-Bretanha” pelos principais editores de revista e, no mesmo ano, foi classificada como a 40ª pessoa mais poderosa pela revista Forbes.

Em fevereiro de 2013 ela foi avaliada como a 13ª mulher mais poderosa do Reino Unido. Ela além de todo esse sucesso, apoia diversas instituições de caridade e também as instituições quer foram criadas por ela mesma.

master

Envie-nos seu comentário

%d blogueiros gostam disto: