A revolução com a chegada da tecnologia 5G

A revolução com a chegada da tecnologia 5G

A tecnologia 5G foi criada para permitir ultra velocidade na transmissão de grandes quantidades de dados para um grande número de usuários simultaneamente. Com essa nova tecnologia a latência, ou seja, o tempo de resposta da rede, diminuirá consideravelmente, melhorando assim a experiência do usuário. Quando o 5G estiver disponível comercialmente será necessário possuir equipamentos compatíveis com esta nova tecnologia, e que estejam dentro de uma determinada área de cobertura.

As redes 5G trabalham em frequências mais altas, nas quais as ondas eletromagnéticas oscilam mais vezes por segundo. Dessa forma elas oferecem maior velocidade, um número maior de conexões e menor latência.

Para termos uma ideia, uma conexão nessas redes pode atingir 20 ou 30 gigabits por segundo, o que seria o suficiente para baixar, na resolução Ultra HD (4K), um filme inteiro em apenas três segundos! O 5G irá revolucionar a maneira como nos conectamos e permitirá novas experiências que dependam de conectividade, como por exemplo, a realidade aumentada, realidade virtual, além do cloud gaming (jogo em nuvem), que permitirá o usuário jogar on-line, sem a necessidade de possuir um console de alta capacidade de processamento e resolução gráfica.

Outros setores que serão beneficiados com a implantação da tecnologia 5G serão os grupos de máquinas, equipamentos e acessórios da chamada Internet das Coisas (IoT – Internet of Things), que demandam um tempo de resposta muito mais ágil e eficiente do que permitem nossas tecnologias atuais.

Internet das Coisas é um termo utilizado para referir-se a grupos de dispositivos digitais que coletam e transmitem dados pela internet e que operam em rede, em escala potencialmente global.

Diferente da internet convencional, que todos nós usamos, a Internet das Coisas é composta apenas por sensores e outros dispositivos inteligentes que captam e compartilham dados entre si. Esses dispositivos, que agora encontram-se na casa dos bilhões, possuem as mais diversas funções.

Entre essas funções podemos citar a coleta de dados climáticos, o controle de termostatos inteligentes e até mesmo a captação de dados operacionais de sensores remotos em plataformas de petróleo, além é claro dos veículos autônomos.

A internet das coisas permite que as organizações gerenciem e monitorem suas operações de maneira remota. Isso é possível com o armazenamento dos dados que são constantemente atualizados pelos dispositivos e sensores inteligentes. Como esses dispositivos e sensores possuem baixo custo, a tendência é que cada vez mais se faça o uso desses equipamentos, permitindo a observação e o gerenciamento de atividades que antes estavam fora de nosso alcance.

Também será possível, com a ajuda dos dados armazenados, fazer projeções a eventos que eram anteriormente invisíveis, como a correlação de padrões climáticos com a produção industrial, mensurando assim o impacto ambiental causado pelo homem ao planeta.

Outros setores como a indústria da telemedicina, além da indústria 4.0 serão sensivelmente afetados pela implantação da tecnologia 5G. Com a tecnologia 5G proporcionando maior velocidade de transmissão de dados, em uma escala gigante, será possível aliar diversos objetos de uso pessoal, acessórios e utensílios domésticos tais como relógios, computadores, smartphones, máquinas, geladeiras, veículos, drones, que trocarão informações entre si e com seus usuários, através de softwares e sensores inteligentes, mudando significativamente a maneira como nos relacionarmos e interagirmos com as máquinas.

Devido à sua arquitetura, as redes 5G suportam uma enorme quantidade de conexões simultâneas: até 1 milhão de aparelhos a cada quilômetro quadrado de área (dez vezes a capacidade da tecnologia 4G que utilizamos atualmente). Um veículo, por exemplo, poderá trocar informações com uma central de monitoramento de trânsito da cidade, ou mesmo localizar uma vaga de estacionamento disponível, com sua exata localização.

O cruzamento de dados e a capacidade de resolução extremamente rápida, proporcionada por softwares que utilizarão a tecnologia 5G farão com que as decisões que antes dependiam de fatores exclusivamente humanos sejam resolvidas pelas máquinas, com maior eficiência e num curto intervalo de tempo. Esses novos conceitos serão decisivos para a vida em sociedade nos próximos anos, inclusive com impacto bastante significativo nas relações de trabalho.

Acredita-se que em breve será possível desenvolvermos sistemas de transporte, de geração de energia, de controle de resíduos, e até mesmo de execução das leis, que serão abastecidos com dados que os tornarão muito mais eficientes, melhorando significativamente a qualidade de vida em nossas cidades.

Hoje o maior valor agregado das empresas são os dados, relativos ao seu negócio. Por isso mesmo a tecnologia 5G torna-se tão importante. Quanto mais dados gerarmos, maior é nossa necessidade de transmitirmos esses grandes volumes de informações, que estão interconectadas, a uma velocidade compatível.

A capacidade da rede 5G é tão grande que as operadoras terão condições de oferecer planos sem limite, ou seja, o usuário poderá fazer conexões pela internet sem ter que se preocupar com o limite de franquia de dados, usando assim seu celular à vontade, como em geral usamos a internet em nossa casa!

master

Envie-nos seu comentário

%d blogueiros gostam disto: